Blog COISA DE BICHOS

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Política de Privacidade

"Política de Privacidade"

"Este site pode utilizar cookies e/ou web beacons quando um usuário tem acesso às páginas. Os cookies que podem ser utilizados associam-se (se for o caso) unicamente com o navegador de um determinado computador.
Os cookies que são utilizados neste site podem ser instalados pelo mesmo, os quais são originados dos distintos servidores operados por este, ou a partir dos servidores de terceiros que prestam serviços e instalam cookies e/ou web beacons (por exemplo, os cookies que são empregados para prover serviços de publicidade ou certos conteúdos através dos quais o usuário visualiza a publicidade ou conteúdos em tempo pré determinados). O usuário poderá pesquisar o disco rígido de seu computador conforme instruções do próprio navegador. O Google, como fornecedor de terceiros, utiliza cookies para exibir anúncios neste site/blog que você está lendo.
Com o cookie DART, o Google pode exibir anúncios para seus usuários com base nas visitas feitas a este site.
Você pode desativar o cookie DART visitando a Política de privacidade da rede de conteúdo e dos anúncios do Google.
Usuário tem a possibilidade de configurar seu navegador para ser avisado, na tela do computador, sobre a recepção dos cookies e para impedir a sua instalação no disco rígido. As informações pertinentes a esta configuração estão disponíveis em instruções e manuais do próprio navegador".

Este site respeita e procura responder todos os e-mails enviados.

Após a leitura este site apaga todos os endereços de e-mail enviados.

Este site afirma que não utiliza e-mails para políticas de Spam ou de envio de e-mails indesejados.

Este site não se responsabiliza pelo conteúdo, promessas e veracidade de informações dos banners colocados pelos seus patrocinadores. Toda a responsabilidade é dos anunciantes.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Diário da Ully - Barriga pra cima

A Ully como eu já falei é minha cachorrinha.
Aqui no Rio de Janeiro ta um calor de 45ºgraus e a Ully sofre com o calor. Ela fica o dia inteiro deitada e o mais engraçado que ela fica de barriga pra cima!!! Ela senta, deita, se enrola e é muito engraçado!!!
Ully com calor

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Diário da Ully

Ully é minha cachorrinha. Ela é da raça Poodle.
A 8 anos atrás eu tinha uma cachorra chamada Nora da raça beagle, eu era pequeno, e ela bruta, então meus pais a trocaram pela Ully, que é meiga e carinhosa, além de obediente.
Hoje eu resolvi começar a contar para vocês tudo que já aconteceu eoque ainda vai acontecer na vida da Ully.

Esses somos eu e a Ully voltando das férias

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Especial Lêmure

Os lêmures são primatas parentes dos macacos.vivem na ilha de Madagascar.Ele tem focinho parecido com o  da raposa, olhos grandes ,pêlo muito macio, e cauda geralmente longa e peluda e não preênse.
As  pequenas espécies alimentam-se de frutos, folhas, brotos, néctar, insectos, pequenos vertebrados e ovos roubados de outros animais. Os resto das espécies são essencialmente herbívoros, embora possam complementar a dieta com insectos.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Especial Ornitorrinco - Descubra de que partes de bichos ele é feito

O Ornitorrinco é um mamífero semiaquático natural da Austrália e Tasmânia.
É o único mamífero ovíparo existente e a fêmea põe cerca de dois ovos que incuba por aproximadamente dez dias num ninho especialmente construído.
O ornitorrinco possui hábitos noturnos. Se alimenta de carne, insetos, vermes e crustáceos.
Ele é muito estranho pois possui "partes de outros animais" como:
  1. Bico e pés de pato
  2. Corpo de ariranha
  3. Calda de castor
Esporões venenosos nas patas estão presentes nos machos para se defender dos possíves predadores e de outros machos. Seu veneno causa um dor alucinante nos seres humanos e pode até chegar a matar um cachorro de porte médio. Ele também possui um sensor de pulsos elétricos, que ele capta dos batimentos cardíacos da presa.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

5 animais mais venenosos do mundo!!!

5 animais mais venenosos

1 - Vespa do mar:

Ela é uma aqua viva que possui o veneno mais forte do mundo animal. O veneno pode matar um homem adulto em DOIS MINUTOS!!! Ela tem tentáculos com agulhas microscópicas que injetam o veneno que tem a reação mais rápida dos animais.

2  - Rã Ponta de Flexa:

Ela é a rã e uns dos animais mais venenosos do mundo, seu nome Phyllobates Terribilis mais conhecida como rã Ponta de Flexa, o veneno é suficiente para matar 100 homens adultos. O veneno fica em sua pele, então se vc ver uma rã com cores vibrantes não a toque.

3 - Taipan:

É a cobra mais venenosa do mundo. Seu veneno pode matar 100 homens ou 250.000 ratos!!!

4 - Dragão de Comodo:

Esse dragão é o maior lagarto do mundo. Em sua boca ele possui várias bactérias mortais adquirindo um veneno muito forte. Se vc for mordido não tem chance de sobreviviver.

5 - Serpente do mar:

Ela é a cobra com mais toxínas em seu veneno, mais de 40. Uma das cobras mais venenosas do mundo, habita o mar e não ataca. Habita Corais em vários mares do mundo, e oferece menos de 5 minutos de vida. Normalmente foge de humanos e só morde se ferida ou ameaçada.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Tardígrados - Os animais mais resistentes da Terra


Os tardígrados são animais pequenos.
Eles são animais microscópicos e podem chegar a 1,5 mm de comprimento. As larvas jovens medem menos. Além disso, a tardigrada possui 4 pares de patas não articuladas, com 4 garras cada uma. Eles se alimentam da seiva de plantas, que são retiradas graças a estiletes perfuradores que ficam internamente, logo atrás do da boca.

Possui sexos distintos, masculino e feminino; a fecundação é interna, e seu desenvolvimento é direto. São muito resistentes, segundo ultimas experiências suportam (durante certo período de tempo) temperaturas tão baixas como -271ºC e tão altas como 100ºC, pressão 75 mil atmosferas e radiação 5700 grays. São capazes de sobreviver no vácuo do espaço e viver até 120 anos. Isso porque eles têm a habilidade de se encolher e permanecer praticamente morto, sem exceder qualquer atividade e, quando quer, volta "à vida".

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Tempo de vida dos Hamsters e o It

O It deve estar bem perto de completar um ano, vá que eu o ganhei quando fiz 10 anos e dia 11 de novembro agora vou fazer 11 anos.
Fui pesquisar e descobri Chinês é em cativeiro de 2 a 2,5 anos. Quer dizer, meu It querido já está na metade da vida dele! Ele cresceu muito, está o dobro do tamanho de quando o ganhei, mas mesmo assim ainda é bem pequenininho. Não me dá nenhum trabalho, mas mesmo assim, eu enrolo pra limpar a gaiola, colocar água e comida... Por isso amigos, eu digo, se querem um bichinho, qualquer um que seja, não esqueçam que ele vai precisar de atenção.

sábado, 16 de fevereiro de 2008

It, o cagão

O It continua gordo e bonachão. Passa o dia dormindo e a noite... também. Mas quando o Bruno o pega para brincar, devia arrumar um pequeno pinico para ele, pois parece que o pequeno animal espera ser tirado da gaiola para fazer todas as suas fezes! Parecem pequenas bolinhas do tamanho de uma cabeça de alfinete, que se eu não tomar conta, ficam espalhadas pelos cômodos da casa.
Então se vc ou seu filho tem um "It"... piniquinho nele!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

It e seus hábitos noturnos

A maioria das pessoas fala sobre os hamsters como animais de hábitos noturnos, que eles ficam acordados, caçam (quando estão na natureza)e brincam durante a noite, porém nosso It não é assim... Ele é o preguiçoso Mor! Durante o dia dorme... durante a noite dorme... rs Peraí! Ele não tá morto não. De vez enquando desvira (pq ele dorme de barriga pra cima), come alguma coisa... dá uma voltinha pela gaiola e volta a dormir. Outra forma de mantê-lo acordado, é quando meu filho Bruno o pega para brincar, pra isso ele está sempre animado.

domingo, 6 de janeiro de 2008

Como escolher um bichinho de estimação?

Para escolher um animal de estimação, você deve levar em consideração o local onde mora, o quanto de dinheiro tem para comprá-lo e para sustentá-lo, seu temperamento e o temperamento do animal. No caso dos cães alguns são muito agitados como o Pincher ou cães de companhia como o Poodle... Você pode fazer pesquisa em vários sites e pesquisar suas possibilidades e necessidades que combinam com a dos animais que você escolheu e pronto, você mesmo estará apto a escolher um bichinho de estimação.

sábado, 15 de dezembro de 2007

Diário do It - Patas pra cima

O It está cada vez mais gordinho e preguiçoso! Passa o dia todo dormindo e sua posição preferida para tirar seus cochilos é de patinhas pra cima. Eu ainda vou conseguir tirar uma foto dele assim para vocês verem. O problema é que quando chego perto pra tirar a fotografia, ele acorda e se vira, mas tem dias que ele está com tanto sono que só acorda, abre os olhinhos, vê que não corre nenhum perigo (eu não sou perigosa rs) e volta a dormir, por esse motivo acredito que acho que vou chegar lá.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Diário do It

O It (nosso hamster pra quem ainda não o conhece) parece não gostar muito de calor. Se ele já era dorminhoco durante o dia, agora é praticamente impossível vê-lo acordado durante o dia, com esse calor de mais de 35º. Só a noite ele fica um pouco mais ativo, porém como até as noites têm sido quentes, ele continua molinho, molinho...

domingo, 2 de dezembro de 2007

Coisas sobre bichos...

Ou melhor, sobre animais.
Meu filho é um apaixonado por eles e talvez você que chegou até aqui também o seja, por isso peço que deixe seu comentário sobre o blog e o que gostaria de ver nele. Saber mais profundamente sobre que tipo de animais? Saber mais sobre o dia a dia do It? O que você que é nosso leitor, gostaria de ler aqui?
Uma boa semana!

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Diário do It

O It está cada dia mais mansinho, mais tranquilo e amigável. Como eu já contei pra vocês, ele mais dorme do que qualquer coisa, porém ainda não consigo nem chegar perto dele, a não ser que ele esteja na gaiola, quando ele está na mão do Bruno, quero ele bem longe. Talvez um dia eu consiga chegar perto, mas acho que ainda falta muito.
Ele é bem bagunceiro e quando a cambuca da comida está cheia, ele entra nela e espalha tudo! Depois vai catando e comendo, coloca um grãozinho entre as duas patinhas dianteiras, senta sobre as patinhas trazeiras e come, como se fosse gente rs ! Tomando água então é muito engraçadinho! Vou tentar tirar uma foto dele fazendo essas coisas para vocês poderem acompanhar!

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Canguru - saiba mais sobre eles

São mamíferos encontrados na Austrália e ilhas próximas. "Os cangurus são marsupiais, um tipo de mamífero que dá à luz a um jovem pouco desenvolvido. Nos cangurus e em muitos outros marsupiais, os jovens são carregados e nutridos em uma bolsa especial no corpo da mãe.
A maioria das espécies de cangurus têm orelhas grandes e cabeças relativamente pequenas. Seus pés dianteiros pequenos têm cinco dedos de comprimento desigual, enquanto os pés de trás têm tipicamente quatro dedos. Um dos dedões em cada um dos pés traseiros tem uma garra afiada que é usada para se defender. Muitas espécies são de um colorido próximo ao pardo para combinar com seu ambiente, ajudando-os a se esconder de predadores. Os machos dos grandes cangurus são notoriamente maiores em tamanho que as fêmeas, uma característica conhecida como dimorfismo sexual."
Fonte: Animalnet
Esses animais são fortes e você não gostaria de levar uma patada deles. Esses bichinhos passam uma impressão de muito carinhosos, pois sempre são associados a bolsa que carregam os filhotes, como mães cuidosas.
Fonte da foto:http://garatujando.blogs.sapo.pt

It e sua roda de exercícios

Hoje vou mostrar para vocês onde o It faz seus exercícios, se bem que ele prefere mesmo é dormir debaixo dela, rs.
Não sei se todos os hamsteres são assim, mas o nosso é, passa o dia todinho deitado lá embaixo da rodinha. Ele tira a serragem de baixo e dorme, dorme, dorme... lá por volta das 18h, 18h30 ele acorda, aí resolve comer, beber água e brincar um pouco, mas quando eu digo pouco, é pouco mesmo! Dá uma corridinha, para, sai, dá uma olhadinha pra fora da gaiola, volta, outra corridinha e já cansou... acho que é por isso que tá gordinho que só!!!

domingo, 25 de novembro de 2007

Diário do It

Hoje sem nenhum motivo aparente, o It deu uma mordida no Bruno. Ele já tinha dado algumas 'mordidinhas' antes, mas essa foi bem fundo e sangrou bastante, além de ter sido muito dolorosa, pois foi bem na cabeça do dedo, lugar que é muito sensível.
Não fiquei muito preocupada, pois a vendedora ao vender nosso animalzinho avisou que algumas vezes quando se sente acuado ou leva um susto, morde, mas que não havia perigo e qeu os hamster chineses não precisam de vacina, somente cuidados de asseio e carinho.
Depois disso, ele já pegou o It algumas vezes para brincar e tudo voltou ao normal, acho que foi realmente algum susto que ele levou.

domingo, 18 de novembro de 2007

Quantos corações tem um polvo?


Hoje assistindo ao Fantástico da Rede Globo descobri que um polvo possui 3 corações, um cérebro grande na cabeça e alguns outros espalhados pelo corpo e por isso deve ser um ser bastante inteligente. Além disso oito tentáculos ou braços. Achei que seria uma informação innteressante para você que acompanha nosso blog. Ah! Ele é um molusco, assim como as lulas, lesmas entre outros.

sábado, 17 de novembro de 2007

Espécies de aranhas

Tenho verificado nas estatísticas do blog que muitos visitantes procuram por mais conhecimento sobre as aranhas, por isso coloco abaixo uma lista das espécies das Aranhas:


Aranha caranguejeira sul-americana
Aranha chilena
Aranha cuspideira
Aranha da banana
Aranha do pântano
Aranha doméstica
Armadeira
Tarântula mexicana de pernas vermelhas
Viúva negra

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Diário do It - soninho

Hoje o dia está assim assim... O tempo refrescou, está caindo uma chovinha fina e o It? O It está tirando um cochilinho embaixo da sua roda, de pernas pra cima! Isso mesmo, eu saí e quando voltei lá estava ele, tentando cativar meu duro coração, de barriguinha pra cima, olhinho fechado. Cheguei perto da gaiola, fiz um barulho sem querer. Ele nem se mexeu, abriu os olhinhos, viu que não era nada que pudesse ser perigo, sim, porque eu não sou perigosa rs e voltou ao seu soninho, afinal ele dorme durante o dia e a noite ele brinca na roda, roe a imitação de cenoura, sai da gaiola pelas mãos do Bruno (é claro), come e bebe água.
Durante o feriado, vou pesquisar mais coisas sobre a forma de tratar melhor nosso amiguinho.

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Eu sou o It, muito prazer

Finalmente conseguimos uma foto boa do It e vocês poderão conhecê-lo. Pra falar a verdade, estou achando ele mais bonitinho mesmo do que o da foto ilustrativa do outro post rs. Sinto que ele ainda está se adaptando ao novo lar, mas já parece bem mais tranqüilo. Ele dorme praticamente durante o dia todo e quando o Bruno chega do colégio, por volta das 19h está todo alegre e agitado esperando por ele. Os dois brincam, meu filho o tira da gaiola (eu não tive coragem nem de passar a mão nele) e ele parece bem feliz por isso. Andei lendo algumas coisas sobre como criá-lo e descobri que devemos dar além da ração, semente de girassol, mas que não devemos dar de jeito nenhum ração para coelhos pois elas têm hormônios para crescimento, o que faz muito mal para os hamsters. Também não devemos dar banho com água, pois são muito frágeis e pegam facilmente pneumonia. Pretendo conhecer mais sobre eles e contar para vocês. Gostaria de saber também da experiência de vocês com esses bichinhos.

domingo, 11 de novembro de 2007

Diário do It - dia-a-dia

Todos nos falaram que os hamsters fedem muito, que sua urina é muito mal cheirosa, o que deixa o animal mal cheiroso, mas até agora não sentimos isso.
Ontem o Bruno colocou o pó para banho seco e ele se esfregou lá. Hoje o Bruno trocou a serragem e acredito que esse seja o motivo de ainda não ter sentido o fedor.
Ele mede cerca de 5 cm, quatro dentinhos bem afiados que já cravou várias vezes no meu filho. A vendedora garantiu que eles não transmitem nenhuma doença. Não estávamos entendendo o motivo de tantas mordidas, então vim procurar na internet e descobri que ele estava cometendo dois erros. Primeiro, não deu tempo do bichinho conhecê-lo (normal para um menino de 10 anos ansiso por ganhar um hamster) e segundo, estava fazendo carinho na sua cabeça. Eles não gostam de carinhos na cabeça, principalmente de pessoas que ainda não conhecem. Se assustam e mordem. Então o Bruno colocou na gaiola, foi chegando mais 'devagar' e só depois passou a fazer carinho nas costas. Pronto. Já são amigos...

Curiosidades sobre as listras da Zebra

As zebras são mamíferos que normalmente não atacam se não tiverem um motivo para isso.
A maioria dos animais têm a cor da sua pelagem ou pele associadas à camuflagem e você pode estar se perguntando como isso acontece no caso da zebra, já que ela vive nas savanas, na África central e do Sul. Sua pelagem é preta e branca, no sentido vertical. As cores vão escurecendo conforme vão ficando mais velhas e apesar de parecerem, uma nunca é igual a outra, é como se fosse nossa digital.
As zebras são um dos principais "pratos do cardápio" dos leões e esse é um dos motivos pelo qual sua coloração é preta e branca, pois o leão só consegue ver essas cores e dessa forma ela mistura-se a vegetação das savanas, sendo aos nossos olhos um destaque, porém para os leões, seus maiores caçadores, não.

sábado, 10 de novembro de 2007

Diário do It - o hamster chinês

A partir de hoje vou publicar junto com as curiosidades sobre os animais, o diário no nosso hamster, o por enquanto It.

O It é um filhote de hamster chinês que chegou a nossa casa ontem, 9/11/2007. Ele chegou por estradas tortas, como aquele ditado. Meu filho vêm pedindo a mais de um ano um hamster e eu tenho horror a qualquer coisa que pareça um rato e sempre neguei, então ele resolveu pedir de presente de aniversário ao pai de uma amiga do colégio. Foi assim que o It (nome que não sei se vai ser o definitivo, pq nesse meio tempo ele já se chamou Troy, Bicho, Coisa...) entrou para a família.

Ele parece uma bolinha de pelos, ainda está muito assustado e já mordeu meu filho um monte de vezes. A vendedora informou que eles não tomam vacina e que não passam doenças, se forem bem tratados.
O caridoso (para meu filho) pai da amiga, deu o kit completo, It, gaiola com roda, comida, bebedouro, serragem, pó para banho a seco, vasilhas para o banho e para comida, ufa!
Eu, pelo jeito, vou ter que me acostumar com ele...
Ainda não temos uma foto dele, por isso vou colocar uma foto genérica, para que vocês saibam com que ele se parece, apesar do meu filho achar o It muuuuuuuuuuuuuuito mais bonito rs

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Especial Aranhas

As aranhas ao contrário do que muitos pensam não são insetos e sim aracnídeos.

Origem da palavra aranha:
Foi o vocábulo grego aráchneque deu origem à palavra aranha e ao termo aracnídeo, que designa a classe à qual pertencem esses pequenos animais.

Curiosidades:

Como as aranhas constroem suas teias?
"Se você já teve a oportunidade de observar uma aranha em plena atividade de construção da teia, certamente percebeu que existe uma sabedoria intríseca em sua técnica: na maneira como ela estende primeiro os grandes eixos de sustentação da teia e, a partir daí, vai unindo esses fios de suporte e preenchendo os espaços vazios com fios radiais, rapidamente, dando origem a uma estrutura de impressionante geometria, além de grande resistência.


Uma boa pergunta seria: como a aranha consegue fazer a fixação inicial do fio, que ela produz de seu próprio corpo, entre duas superfícies às vezes sem contato -- entre dois galhos de uma árvore, por exemplo? A aranha não voa...Tendo fixado primeiramente o fio em um galho, o que ela faz para fixar a outra extremidade em outro galho? Sai andando pela árvore, carregando atrás de si o fio, sobe até o outro galho e de lá puxa o fio e o fixa no galho? Não, ela age de forma mais simples, usando o vento e um pouco de sorte.

A aranha produz os fios em quantidade e espessura adequadas, sendo que cada glândula produz fio de qualidade diferente. Existem fios adesivos e fios secos, não adesivos. Um finíssimo fio adesivo é liberado pelas fiandeiras e, enquanto a aranha vai tornando este fio cada vez maior, o vento o carrega até encontrar um ponto onde o fio fica aderido. Então, a aranha caminha com cuidado sobre este fio-guia, reforçando-o com um segundo fio. O processo é repetido até que o fio esteja suficientemente forte. Depois disso, a aranha lança um outro fio, formando uma espécie de Y, abaixo do fio inicial. Esses são os três primeiros fios que formam o eixo da teia. Ao se observar uma teia de aranha, distinguem-se a moldura, os raios e a espiral. Existem muitas variações na construção da teia, conforme a espécie da aranha. Algumas aranhas, constroem no centro da teia outra pequena espiral, ou uma rede de malhas, que funciona como "refúgio". A espiral de "captura" é especialmente construída para as presas e é feita com fios viscosos, adicionados paralelamente um ao outro. A espiral de captura deixa às vezes dois raios livres, de onde parte um fio especial, chamado "fio telefônico", que conduz ao refúgio da aranha, quando este é construído fora da teia. A aranha pode captar as vibrações deste fio, para informar-se sobre o tamanho e o tipo de presa que caiu na armadilha."
Fonte: Aranha

domingo, 21 de outubro de 2007

Como tratar seu gato

O gato é um dos animais domésticos mais populares no Brasil. Tem gente que ama, tem gente que odeia. Uns adoram a sua independência, outros odeiam a sua liberdade. Gatos são felinos e o gato doméstico apesar de ter esse instinto, não precisa caçar sua alimentação, por isso ele caça por diversão!

Precisamos tratar esses pequenos felinos com muito carinho, dar sempre muita atenção, brinquedos, fazer brincadeiras, para que eles não sintam-se entediados.
Sobre a alimentação, além de ser apetitosa, ela deve ser balanceada e hoje em dia podemos encontrar facilmente rações boas para alimentá-los e deixá-los felizes.

Sobre vacinação e saúde, podemos citar informações do site Saúde Animal.

"Muitos donos não sabem que, assim como os cães os gatos também devem ser vacinados.

Graças à vainação,hoje os gatos já podem ser protegidos contra uma doença grave e muitas vezes fatal: a Enterite lnfecciosa dos Felinos (internacionalmente conhecida por F.l.E.). Esta doença é por vezes designada "Gripe dos Gatos'" o que leva a confundi-la com outra virose associada a corrimento dos olhos e do nariz.

A vacinação é feita em duas etapas, a primeira dada geralmente por volta das 8 semanas e a segunda, por volta das 12 semanas ou a critério do veterinário. Uma única dose de reforço por ano ajuda a manter a imunidade.

Os veterinários estão cientes sobre as doenças mais comuns na sua região e poderão aconselhá-lo quanto às datas das vacinas. A melhor medida é marcar uma consulta para vacinação tão logo você receba o seu filhote ou assim que desmamá-lo, caso você mesmo o tenha criado. Nesta ocasião, poderá discutir também a data de outros procedimentos rotineiros, como o sistema de vermifugação e castração. Siga sempre cuidadosamente as recomendações do seu veterinário. A vida do seu gato pode depender disso.

HIGIENE

É muito importante dar ao gato desde cedo um local certo para que ele faça suas necessidades. Um banheiro ou uma área externa são ideais para isto e evitarão que o gato venha a usar a casa para este fim. O local escolhido deverá ser inspecionado e as fezes removidas todos os dias.

Os gatos são animais muito limpos e tomam vários "banhos" por dia, ou seja, eles promovem a sua própria higiene, lambendo-se diariamente. Mas se for necessário você banhá-los, use sempre água morna, shampoo ou sabonete neutro e seque cuidadosamente o pelo com uma toalha ou secador. O prato de comida deve ser lavado após a alimentação do gato e a lavagem deve ser feita em separado da louça da família. Nunca use um de seus próprios pratos para seu animal de estimação.

O mesmo deve acontecer com o prato de leite do seu gato. Certifique-se de que o prato está sempre limpo e o leite sempre fresco. O leite que tenha sobrado de uma refeição deve ser imediatamente jogado fora. Desta maneira, você terá certeza de que o seu animal de estimação e a sua família se manterão saudáveis num lar saudável."

Outro dia falaremos mais sobre essas belas e enigmáticas criaturas.

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Como cuidar do seu cão de estimação? Parte 1

Em primeiro lugar, sem sombra de dúvida, temos que cuidar com carinho e dedicação. A higiêne do animal também é muito importante! Vacinação, alimentação e vermifugação são outros aspectos que lhe auxiliarão a ter um cão inteligente, alegre e fiel.
Nossos animais de estimação necessitam de vacinação para se evitar a hepatite, cinomose, parvovirose, leptospirose, parainfluenza, coronavirose, e a mais conhecida de todas as doenças: a raiva. Mas para isso, é importantíssimo levarmos nosso bichinho ao veterinário, que vai dizer onde e quando devemos aplicá-las, pois não são todas aplicadas de uma vez. Não devemos passear com nosso cãozinho na rua antes que ele tenha tomado todas as vacinas!


Não esqueça de vermifugar (dar remédio para vermes) para ele, mas isso com certeza o veterinário te indicará um bom!

Como diz nosso amigo do Clube das Pulgas :
"Eduque seu animalzinho com firmeza, mas sempre com muito carinho. Os cachorros costumam ser animais limpos e que não gostam de fazer suas necessidades em qualquer lugar. Mas precisam de tempo, aprendizado e paciência. Quando ele fizer uma de suas artes, repreenda-o com um jornal enrolado, para bater no chão, ao lado da prova do crime. Jamais bata nele, isso pode provocar traumas que poderão torná-lo medroso ou mesmo agressivo. Jamais deixe ele sair sozinho nas ruas, além de correr risco de atropelamento, pode sofrer agressões, entrar em contato com animais contaminados, ingerir alimentos estragados ou envenenados.

Não mantenha seu amigo preso em uma corrente, assim seu cachorro se transformará num animal revoltado, agressivo e de difícil convivência com as pessoas que o tratam.

Tenha cuidado com objetos ao alcance do seu amiguinho, principalmente os filhotes que gostam de comer tudo o que encontram. Muito cuidado com ossos de frango.

Leve-o para passear sempre, mas somente após todas as doses de vacina terem sido aplicadas. O passeio é muito importante, pois andar faz bem ao cão. Cuide para que esses passeios sejam feitos com coleira e corrente condutora. Não o deixe solto em hipótese alguma, você não sabe a reação que ele terá quando se aproximar de estranhos ou crianças.

Você é professor dele, com carinho, paciência e bom senso você conseguirá com que o cachorro aprenda o necessário para viver bem e feliz. Coloque um nome nele e chame-o sempre dessa forma. O local onde ele dorme deve ser limpo, seco e protegido contra chuvas, sol intenso, vento e frio. Um animal bem cuidado terá uma vida boa e feliz. Nunca o abandone, ele depende de você!"

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Especial Baleias

As baleias são animais que a muito tempo vivem no imaginário das pessoas. São animais em sua maioria de tamanho monumental e por isso já foi vista como monstro do mar, porém não é um animal agressivo e muitas das suas 'raças' chegaram quase à extinção.
Dizia-se que da baleia tudo se aproveitava. Por mais de um século, a gordura da baleia fornecia a energia das casas, das indústrias e tudo mais...
Conforme o site Angelfire , podemos conhecer melhor algumas delas:

BALEIA AZUL Família: Balaenopteridae Nome em inglês: blue whale Cosmopolita, ocorre em todos os oceanos. É o maior animal vivo da Terra e provavelmente o maior ser vivo de todos os tempos. O comprimento dos machos é de 25m e o das fêmeas 27m. Há registro de uma fêmea com 32m e outra com 30m. Pesando respectivamente 136.000kg e 160.000kg. Os filhotes nascem com cerca de 7m e 2.500kg de peso. Vive em grupo de dois a três indivíduos. Pode nadar a até 30 km/h. Comunica-se por sons. Alimenta-se preferivelmente de krill, podendo cunsumir até 8.000 kg num dia.


BALEIA JUBARTE Família: Balaenopteridae Nome em inglês: humpback whale Comum em todos os oceanos, pode medir até 16m.
O peso dos adultos varia de 25.000 a 30.000 kg. Forma grupos de dois a três indivíduos e é muito encontrada sozinha. Nos períodos de migração, não se alimenta e consome as reservas de grossas camadas de gordura que armazena nas áreas de alimentação, próximas dos pólos. Alimenta-se principalmente de krill, de outros crustáceos e de pequenos peixes que formam cardumes.

ORCA Família: Delphinidae Nome em inglês: killer whale, orque Desde a Antártida até o Ártico, ocorre em todos os oceanos.
Nos machos, o comprimento varia de 5,20m a 9,70m, com mais de 8.000kg de peso, e nas fêmeas de 4,50m a 8,50m, com 4.000kg de peso. É basicamente animal gregário, formando grupos de até 100 indivíduos.Pode nadar aproximadamente à 40Km/h. Tem dieta bastante variada: peixes, como o salmão, pinípedes, pinguins, outras aves marinhas e tartarugas.

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Especial iguana


A primeira impressão não é a que fica. A iguana é um
réptil de aparência, a princípio, assustadora e que lembra
os gigantescos animais jurássicos. Mas esta sensação logo desaparece e quando menos se espera esta exótica amiga de temperamento calmo e dócil pode se tornar uma boa companhia. Por ter facilidade de adaptação e integração com o homem, se tornou o primeiro réptil doméstico.

Seu tamanho pode chegar a dois metros, porém 2/3 correspondem à cauda. O corpo é forte, comprimido dos lados e os membros são bastante desenvolvidos com dedos compridos para facilitar a subida em árvores. Embaixo do tímpano, possui uma enorme escama arredondada, uma prega de pele na região gular e uma crista no alto da cabeça. A cor, em geral, é verde intenso nas iguanas jovens e ao envelhecer aparecem bandas escuras ao longo do corpo e da cauda.

De hábitos diurnos, a iguana se alimenta preferencialmente de insetos quando jovem e na fase adulta torna-se praticamente vegetariana consumindo brotos, queijo branco, alface, escarola, laranja, banana, cenouras raladas, flores de hibisco, ipê, pétalas de rosa, entre outras. A alimentação deve ser administrada duas vezes por dia. No inverno devido à baixa do metabolismo é possível o animal diminuir a quantidade de alimento ou até passar algum tempo sem comer nada.

A iguana requer uma série de cuidados por se tratar de uma espécie delicada e de manutenção difícil. Como é um animal de grandes dimensões, o terrário deve ser amplo, alto e com excesso de troncos e galhos. Este réptil precisa se exercitar para não ficar obeso. Necessita também tomar banho de raios ultravioleta.

A iguana como todos os répteis é um animal de sangue frio, não tendo assim um método próprio para manter a temperatura de seu corpo. Na natureza o sol é sua principal fonte de calor, no cativeiro a temperatura do ambiente deve ser em torno dos 30º no período diurno e 23º no período noturno. Este controle pode ser feito com termômetro. Caso a temperatura não siga estes padrões, o animal ficará inerte podendo até hibernar e neste estado há uma baixa no metabolismo diminuindo ou até cessando suas funções fisiológicas que são mantidas com as reservas energéticas que foram acumuladas durante o período quente. Outro fator importante é a umidade do ar que deve girar em torno dos 70 a 80 %, pois a baixa umidade pode causar ressecamento da pele.

Como qualquer outro animal o iguana requer uma higiene constante. Com um pano úmido é possível fazer a higienização do corpo, para evitar arranhões. Não se deve esquecer de cortar as unhas da iguana e evitar o contato com outros animais. As fezes e a urina também devem ser retiradas.

Mesmo sendo pacifica, a iguana quando se sente ameaçada revida com mordidas e chibatadas com o rabo.O macho como forma de mostrar que é dono daquele “pedaço”, levanta a cabeça deixando a mostra sua papada do pescoço.

Origem e história

A iguana vive no México e no Brasil Central, em florestas úmidas e na caatinga.No Brasil a criação em cativeiro é proibida, por se tratar de um animal silvestre. Houve a liberação da importação, mas foi logo vetada. Neste curto espaço de tempo muitas pessoas adquiriram uma iguana, e se viram em apuros com o passar dos anos ao notar que elas não paravam de crescer. A solução precipitada foi soltá-la em um lugar com densa vegetação, o que ocasionou o desequilibro na fauna e até a morte do animal, já que por ter vivido em cativeiro, se tornou presa fácil dos predadores nativos.

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Hamster tem maior atividade durante a noite


Quem tem um hamster como bichinho de estimação sabe: ele é capaz de ficar a noite inteira brincando.

Esse animal acaba sendo um incômodo se a sua gaiola ficar no quarto de seu dono, pois o bicho fica mexendo em seus objetos e a pessoa não consegue dormir em função do barulho. Os hamsters são considerados animais noturnos e costumam dormir durante o dia, período mais quente, e ficam acordados durante a noite quando a temperatura está amena. Suas atividades iniciam apenas por volta das 18 horas e eles são capazes de ficar a noite inteira brincando e fazendo uma enorme bagunça nas gaiolas.

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Especial de tartarugas marinhas (Projeto Tamar)


As tartarugas marinhas podem medir 2 m de comprimento e chegar a pesar até 600 kg. Elas vivem em águas tropicais e estão mais adaptadas às águas frias devido a sua derme grossa e oleosa. Elas possuem extremamente desenvolvidos os sentidos da visão, do olfato e da audição, além de terem um senso de orientação impressionante.

A característica mais marcante da tartaruga de couro, por exemplo, é a consistência de sua carapaça que não é constituída de placas ósseas, mas sim recoberta por uma pele grossa e coriácea (semelhante ao couro).

As tartarugas-marinhas se alimentam basicamente de águas-vivas e de sua fauna acompanhante. Infelizmente, elas confundem sacos plásticos ou celofane com águas-vivas e correm o risco de morrerem por indigestão. Utiliza as patas como nadadeiras e nada a uma velocidade de 20 km/h.

A espécie de tartaruga verde se alimenta de algas e, por isso, é encontrada em grande quantidade no litoral brasileiro. Quando atinge a idade adulta, ou seja, 20 a 25 anos, a espécie vive dispersa na imensidão dos mares e sabe exatamente o momento e o local da reunião para reprodução. Nessa época, as tartarugas verdes viajam longas distâncias para retornarem às ilhas oceânicas onde nasceram para iniciar a desova.

O filhote de tartaruga tem todas as unhas, mas ele as perde quando se torna adulto. Apenas o macho conserva uma unha, grande e recurvada, com a qual ele se agarra às costas da fêmea durante o acasalamento. Isto é necessário porque o acasalamento ocorre enquanto as tartarugas nadam.

A fêmea escolhe um entre vários machos. A cópula dura várias horas, a fecundação é interna e uma fêmea pode ser fecundada por vários machos.

Em geral, as fêmeas desovam de 4 a 6 vezes por temporada, com 61 a 126 ovos por ninho. Porém, mais da metade do ninho consiste de ovos não férteis. A incubação varia de 50 a 78 dias e a temperatura ideal é em torno de 29º C.

A ilha de Trindade é o maior ponto de desova da tartaruga verde no Brasil. As tartarugas tomam conta das praias para depositarem os seus ovos. Nas praias da Tartaruga e de Andradas, a areia é totalmente moldada por grande buracos, cada um com mais ou menos 2 metros de diâmetro, feitos pelas fêmeas para abrigar seus ninhos.

A luta pela sobrevivência da espécie impressiona e comove. Estima-se que, de cada mil tartarugas nascidas, apenas uma ou duas chegarão à idade adulta.

O governo Federal norte-americano listou a tartaruga-de-couro como em extinção mundial. A estimativa atual é de que existam apenas de 20 mil a 30 mil tartarugas de couro fêmeas em todo o mundo.

Tamar

O Projeto Tamar funciona há 21 anos e atua em 20 bases distribuídas por oito Estados da costa brasileira. A principal função do projeto é pesquisar o comportamento e elaborar ações para preservar as espécies, que servem para orientar o homem na redução dos efeitos nocivos no ambiente em que vivem os animais, como a pesca, a iluminação artificial e o tráfego de veículos nas áreas de desova.


Para facilitar as pesquisas, as tartarugas encontradas na costa são marcadas com grampos de identificação, possibilitando o acompanhamento do crescimento e das rotas do animal.

Nas principais bases, pontos de desova e de alimentação, o Tamar mantém algumas espécies em cativeiro, que servem para estudos e principalmente para divulgação da importância do projeto e a conscientização da comunidade.

Para conhecer mais sobre as pesquisas e o trabalho de preservação do Projeto Tamar, acesse o site www.projetotamar.com.br

VOCÊ SABIA QUE...

- Ao beber água do mar, a tartaruga marinha absorve muito sal. Para não morrer com o excesso dessa substância, ela costuma eliminar o sal através de suas lágrimas.

- A maior tartaruga-de-couro que foi registrada era um macho encalhado na Costa Ocidental de Gales em 1988. Ele pesou 916 kg.

- A maior tartaruga marinha, a alaúde, consegue colocar 100 ovos em apenas dez minutos.

Origem e História

As tartarugas marinhas surgiram há mais ou menos 150 milhões de anos e conseguiram sobreviver a todas as mudanças ocorridas no planeta ao longo de todo este tempo. Porém, a sua origem foi na terra e, na sua aventura para o mar, evoluíram diferenciando-se de outros répteis.

Assim, o número de suas vértebras diminuiu e as vértebras restantes se fundiram às costelas, formando uma carapaça resistente, embora leve. As tartarugas perderam os dentes, ganharam uma espécie de bico e suas patas se transformaram em nadadeiras. Tudo isso para se adaptarem à vida no mar.

domingo, 16 de setembro de 2007

Período de gestação do elefante é longo


O período de gestação do elefante asiático é longo, e muito longo. A elefanta fica carregando sua cria no ventre entre 20 meses a 22 meses, quase dois anos. Isso significa mais de duas vezes o período de gestação do homem.
Quando nascem, os filhotes já pesam 100 quilos e têm 1 metro de altura. Só que para agüentar durante tanto tempo em sua barriga, esses animais quando são adultos podem pesar em média 7 toneladas, o mesmo que 4 carros.

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Especial Dragão de Komodo


O Dragão de Komodo é o maior de todos os lagartos atuais. Existente há centenas de séculos, este réptil já vivia na Terra muito antes do surgimento do homem. É uma espécie endêmica da Indonésia sendo visto nas ilhas Komodo, Rintja, Padar e Flores, habitando florestas e clareiras.

Aprecia bastante carniça e é capaz de devorar uma carcaça inteira de búfalo. Nada impede que o Dragão de Komodo coma animais vivos. Ele costuma derrubar a vítima com a força de sua cauda e cortá-la em pedaços com os dentes.

Possui a cabeça grande, o corpo maciço e as patas poderosas, com fortes garras. São poderosos predadores que atacam e matam porcos selvagens, cabras, jovens búfalos, cavalos, macacos, veados e aves.

O Dragão de Komodo chega a medir 3,5 m e a pesar até 110 kg, vivendo, em média, 50 anos. A sua cor é cinzenta e marrom.

Ao terminar a estação das chuvas, a fêmea põe cerca de 25 ovos na areia que se abrem depois de 6 a 8 semanas. Os filhotes ao nascerem, medem 20 a 25 cm de comprimento. Os jovens alimentam-se de lagartos, insetos, aves e pequenos mamíferos.

O Dragão de Komodo encontra-se ameaçado pela caça, por envenenamentos feitos pelas populações locais e pela diminuição das presas de que se alimenta. Padar e Rintja foram classificadas como reservas pelo governo Indonésio, tanto para o dragão de Komodo como para as suas presas.

sábado, 1 de setembro de 2007

Especial de camaleões


O Camaleão é um réptil conhecido por mudar a sua cor para se adaptar a um ambiente ou a uma situação. Esta estratégia o ajuda a se proteger de potenciais predadores e passar desapercebido por eles.

Além desta característica, possui a capacidade de movimentar os dois olhos independentemente e também de enrolar a cauda para se agarrar.

Por isso, sobe com facilidade em árvores e corre rápido no chão. É um bom mergulhador e também nada bem, podendo ficar submerso por longo tempo. Caso se sinta acuado, foge ou defende-se com dentadas e chicoteando com a cauda.

De hábitos diurnos, costuma ao amanhecer colocar-se ao sol para caçar todo o tipo de insetos, como gafanhotos e outros artrópodes.

O Camaleão é se alimenta de grandes quantidades de folhas verdes, e de frutos. Ingere também insetos.

Habita do México ao Brasil Central. Aqui, vive na Floresta Amazônica, nas matas de galeria dos cerrados e nas caatingas.

No período reprodutivo, os machos descem dos arbustos para encontrar uma companheira. É uma espécie ovípara, e as posturas variam entre 30 e 40 ovos, que são depositados no solo.

A incubação é longa, dura de 8 a 9 meses. Ele atinge a maturidade sexual em um ano e pode viver de 4 a 5 anos. Chega a medir um metro de comprimento.

É um lagarto imponente, com uma bela crista que vai da nuca até a cauda e aparece também no papo. Os machos, normalmente, são mais coloridos e com ornamentações mais proeminentes na cabeça.

Tanto o macho quanto a fêmea são agressivos. Acredita-se que os indivíduos que vivem nos setores Mediterrâneos europeus derivem de exemplares introduzidos pelo homem em épocas remotas.

Curiosidade

Na simbologia africana, o camaleão é um animal sagrado, visto como o criador dos primeiros homens. Nunca é morto, e quando é encontrado no caminho, tiram-no com precaução, por medo do trovão e do relâmpago.

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Especial de Cobras


As serpentes não são animais para ficar brincando, pegando no colo e acariciando. De personalidade fria, elas não obedecem, não demonstram carinho ao seu dono e não são companheiras. Agem simplesmente por instinto. Depois de certo tempo há um respeito pelo dono por saber que é através dele que elas são alimentadas.

Vivem em média 20 anos e o comprimento varia de acordo com as espécies. Nascem geralmente com 30cm, e podem atingir quatro metros como a jibóia e seis metros como a Píton Burmese.

As cobras trocam de pele pelo menos duas vezes ao ano que é recoberta por escamas com formato alongado na parte superior e arredondado na cauda e extremidades. Possuem muitos ossos, cerca de 838 ossos contra 108 do homem.

A serpente deve ser manuseada suave e lentamente. Senão, pode se assustar e dar um bote. Quem já levou, garante que não dói. O problema maior do bote é o susto que o dono leva, podendo derrubar a serpente e causar-lhe graves ferimentos nos órgãos internos e a quebra da coluna.

As serpentes não captam sons acima de 140hz já que possuem ouvidos internos, porém têm grande sensibilidade às vibrações. Sua língua é estreita, flexível e bi partida, o que favorece a captação do cheiro.

Entre as 18 famílias de serpentes, os maiores exemplares de serpentes são encontrados na Família dos Boídeos. Não são peçonhentos e não possuem presas. Já a família mais numerosa é a dos Colubrídeos, abrangendo mais de 2.000 espécies. Possuem presas e não são peçonhentas.

O animal é classificado como peçonhento quando possui veneno que é capaz de causar grandes danos a um outro individuo. A injeção do veneno ocorre através de presas ou ferrão.

No caso do cativeiro ou criação, é bom que a cobra recebe luz do sol na parte da manhã. Quanto à luz artificial, existem lâmpadas especiais para répteis ou ainda podem ser usadas lâmpadas infravermelhas para aquecer. Jamais devem ser colocados materiais ou pedras pontiagudas que possam ferir o corpo da serpente.

A alimentação varia conforme a espécie, mas em geral, as serpentes se alimentam de mamíferos, insetos, pequenos invertebrados, peixes, entre outros. As espécies que são criadas em cativeiro (terrário) geralmente se alimentam de pequenos mamíferos. A quantidade vai variar de acordo com a idade, espécie, tamanho, clima. Como qualquer outro réptil, a cobra ou serpente sofre no inverno e isso acaba influenciando no seu apetite que diminui neste época do ano.

Dica importante:

A grande maioria das cobras quando está alimentada, fica “repousando” e quando está com fome, fica agitada. De acordo com o seu comportamento, dá para perceber quando está ou não pedindo comida. Troque a água diariamente, pois elas costumam defecar dentro da água. Nunca pegue uma serpente na mão sem conhecê-la, pois dependendo da serpente e o tempo de socorro, a picada pode ser fatal.

CURIOSIDADES:

*A maior serpente já registrada é uma sucuri de 11,50m.
*A naja africana é capaz de lançar o veneno a uma distancia de até 2,40m.
*Um grama de veneno da naja pode matar 150 pessoas.
*A maior serpente venenosa é a cobra rei que chega atingir 4,50m.
*A maior serpente venenosa do Brasil é a surucucu medindo em torno de 3,60m.

Origem e História

Elas surgiram na terra há cerca de 145 milhões de anos e tem função muito importante em um bio sistema como qualquer outro animal. São grandes predadoras de roedores e algumas espécies só se alimentam de filhotes de cobras venenosas, mantendo assim em seu habitat um equilíbrio ecológico perfeito. Isso nos leva a crer que elas não são os animais que deveriam ser extintos como muitos desejam.

No Brasil, o universo das serpentes como animais de estimação não se compara ao americano, mas existe e é crescente. No momento a importação de répteis está interrompida, mas há exemplares em algumas lojas.

Há também duas condições básicas para a compra e a venda de serpentes no país. A primeira é que é proibido criar espécies peçonhentas que oferecem risco ao homem. A segunda, válida para todos os animais, impede a posse de espécies da nossa fauna, a menos que o Ibama a autorize. Mas, a realidade é diferente. Grande parte das pessoas que partilha o seu dia-a-dia com uma serpente no Brasil, o faz com jibóias, espécies nativas

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Pato sai seco da água


Para quem já observou um pato sabe: apesar de nadar ele fica seco quando sai da água. Mas isso não acontece apenas com esses animais, os cisnes também têm essa característica, além de outras aves que nadam.
Esse fenômeno acontece, pois esses animais possuem uma espécie de sistema de impermeabilização que faz com que esses bichos entrem na água e saiam secos. Os animais possuem glândulas próximas a cauda que liberam uma secreção oleosa que produz o efeito de impermeabilização. O bicho espalha o líquido com a ajuda do bico por todo o seu corpo.
Com esse processo, além do animal sair seco, também auxilia para que ele possa flutuar na água e consiga nadar com maior facilidade

www.petfriends.com.br

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Tamanduá não tem dentes


Diferentemente de outros mamíferos, o tamanduá, um mamífero quadrúpede, não possui nenhum dente. Característica muito rara entre os mamíferos que geralmente apresentam duas dentições, esse animal possui uma espécie de bico comprido, porém suas mandíbulas são lisas sem nenhum dente.
Esse animal adora formigas e cupins. Também devora pequenos vermes e centopéias. Um tamanduá adulto é capaz de comer em média 35 mil insetos por dia.
Como não possui dentes, para comer ele usa a língua fina que é bem comprida e consegue alcançar animais que estejam longe seu corpo. Sua língua também é gosmenta para poder pegar suas presas.

www.petfriends.com.br

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Formigas: pequenas e fortes


As pequenas formigas estão por todas as partes. Elas andam de um lado para o outro buscando comida para levar ao seu formigueiro. Quem nunca viu uma pequena formiga carregando um pedaço de folha que era maior que o próprio animal?
As formigas, apesar de pequenas, conseguem carregar bastante peso. Acredita-se que uma saúva operária consiga levar até 18 vezes mais que o seu peso. Normalmente, em outras formigas, esse peso fica entre 5 a 10 vezes mais que o próprio corpo.
Se fossemos comparar, o homem consegue carregar apenas três vezes mais que o seu peso.

www.petfriends.com.br

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Por que os cães têm medo de fogos de artifício?


O seu cãozinho fica desesperado quando em dias de festas estouram fogos de artifício? Isso acontece, pois esses animais têm uma capacidade auditiva cerca de quatro vezes maior que os humanos e qualquer barulhinho acaba se tornando um ruído muito forte e ensurdecedor para eles. Também conseguem ouvir sons que são absolutamente inaudíveis para nós.
Normalmente, os cães têm muito medo de barulho de trovões, secadores e máquinas de lavar roupa. Quando se sentem acuados, começam a tremer, procuram o seu dono ou então se escondem em locais de difícil acesso.
Em alguns casos, os veterinários recomendam remédios para evitar o pânico que são ministrados nos dias em eu acontecem barulhos muito altos. Outras formas de tratamentos são as terapias de dessensibilização que acostuma o bicho com os sons que ele tem medo. Essas terapias são geralmente feitas com CD's que tem os barulhos que mais causam fobias nos animais. Os sons são deixados para os animais ouvirem para que não fiquem com medo.
Entretanto, se o problema não for grave, para tentar acalmar o seu bichinho é preciso ter paciência e fazer carinhos nele para que ele se sinta seguro. Em pouco tempo, o animal vai se acostumar com esses barulhos e ficará mais tranqüilo.

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Camarão é um ótimo lixeiro


O camarão é um crustáceo que pode ser encontrado tanto no mar quanto em água doce. Possui longas patas e podem atingir até 20 centímetros de comprimento, apesar de algumas espécies terem um tamanho bem inferior.
Entre suas características, o camarão tem uma que é peculiar: a alimentação. O animal come quase todo o tipo de lixo.
Tidos como grandes lixeiros, os camarões comem restos orgânicos, tanto vegetais quanto de animais mortos. Mas para balancear a dieta, também podem se alimentar de insetos aquáticos, larvas e de pequenos peixes.

www.petfriends.com.br/

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Teia pode identificar aranha


As teias que as aranhas constroem podem ser em vários formatos: triângulos, funis e círculos. Essa é uma das primeiras maneiras de determinar qual o tipo de aranha e caracterizar a qual grupo ela pertence.
Para fazer a teia, as aranhas utilizam uma secreção de proteína liberada pelas aberturas das fiandeiras. Inicialmente é um tipo de líquido que depois se solidifica em um fio quando entra em contato com o ar.
A teia pode servir para capturar suas presas, para o acasalamento e como forma de proteção de seus ovos. Outra função da seda que constrói a teia é o uso como um fio para guiar a aranha.


www.petfriends.com.br

terça-feira, 7 de agosto de 2007

Museu mostra fósseis de animais e samambaia de 250 milhões de anos

Uma boa dica para quem quer conhecer um pouco mais sobre o ambiente marinho é o Museu José Bonifácio de Andrade e Silva (Jobas), em São Vicente. O local possui objetos de milhares de anos como minerais, fósseis de animais, conchas, corais, entre muitas outras curiosidades, segundo o coordenador do museu, Paulo Matioli.
“O local será uma boa opção para as férias”, afirma o coordenador. Segundo ele, o museu contará com palestras e passeios ecológicos durante o mês de julho. Além disso, durante todo o ano existem monitores que podem fornecer informações sobre os materiais expostos.
O museu conta com mais de 500 peças e uma das maiores curiosidades é um tronco de samambaia de 250 milhões de anos. “Na madeira também é possível ver marcas de fósseis de cupins”. Segundo Paulo, existem alguns materiais que os visitantes podem tocar. “O passeio é muito lúdico”.

O museu fica no Píer do Careca's, à Avenida Embaixador Pedro de Toledo, s/nº, Gonzaguinha e funciona de terça a sexta-feira, das 10 às18 horas e aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 19 horas. Outras informações podem ser obtidas através dos telefones 3466-0407 ou 9142-2478. A entrada é gratuita.

domingo, 5 de agosto de 2007

Quem já não ouviu dizer que se a lagartixa perder o seu rabo?


Quem já não ouviu dizer que se a lagartixa perder o seu rabo logo irá nascer outro no lugar? E isso acontece mesmo, pois ela tem um grande poder de regeneração podendo até reconstruir patas e olhos.
Quando uma lagartixa está sendo perseguida por seus predadores tem a capacidade de soltar o próprio rabo. Depois de solto, ele ainda fica um tempo se mexendo para que distraia o inimigo e o animal possa fugir. Em seguida, inicia o processo de regeneração que pode levar até duas semanas.
Atualmente, esse bicho está sendo amplamente analisado para que os especialistas possam entender como acontece o seu processo de regeneração para ver se é possível recriar essas condições também nos humanos e beneficiar pessoas que passaram por acidentes e ajudar na sua cura.


www.petfriends.com.br

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Cor do flamingo vem da alimentação


O flamingo é uma bela ave e suas penas chamam bastante atenção em função de sua coloração. Suas plumas são em tons rosados e vermelhos em função de sua alimentação.
Essa ave costuma se alimentar de pequenos crustáceos, plâncton, insetos e moluscos. A sua cor é explicada por essa alimentação que é rica em carotenóides, substância que proporciona essa coloração. Para procurar seus alimentos, os flamingos buscam locais com pouca profundidade nas águas.
Para comer, seu bico é adaptado para retirar a água que suas presas têm. Com isso, filtra apenas o que deseja comer.

www.petfriends.com.br

segunda-feira, 30 de julho de 2007

Com o que os cães sonham?


Da mesma forma como os humanos, os animais também sonham. No período de sono, os bichos precisam descansar para seu sistema imunológico funcionar melhor. Se o animal dormir de forma regular, seu metabolismo e sistema nervoso funcionarão de forma correta.
Os cães dormem em média nove horas por dia, mas podem aumentar esse tempo se ficarem sozinhos sem a companhia do dono. Os cães têm duas fases de sono: superficial e movimento rápido dos olhos (REM). Na fase superficial o cão fica quieto e alerta, tem uma respiração profunda e ritmada, sua pressão sanguínea, seu metabolismo e atividade cerebral diminuem. Nessa fase, o cão pode acordar em função de estímulos. Esse período leva de 10 a 20 minutos.
Já no segundo período, os olhos do cão se mexem, daí vem o nome "rápido movimento dos olhos". Nessa fase a respiração é considerada mais irregular, rápida e superficial. As vezes eles mexem as orelhas, patas e até fazem alguns barulhos esquisitos.
Segundo pesquisas realizadas, cientistas descobriram ondas elétricas no cérebro dos animais parecidas com as dos humanos, sendo possível assim afirmar que os animais provavelmente também sonham. O conteúdo dos seus sonhos ainda é um mistério. Uma das possibilidades é que o cachorro sonhe com o seu relacionamento com o mundo e com o que acontece no seu cotidiano.
Os cães também podem ter alguns distúrbios do sono como a apnéia que acontece mais no Boxer e Buldogue devido aos seus focinhos achatados. Outra doença é a narcolepsia na qual o cão repentinamente entra em sono profundo. Esse mal é mais comum no Dobermann, Labrador, Poodle, Beagle e Dachshund. Esses distúrbios são controlados por medicamentos

www.petfriends.com.br

domingo, 29 de julho de 2007

Urubu não fica doente se comer carne pobre


O urubu adora comer carne podre e alimentos estragados que estejam no lixo. Mas apesar das comidas geralmente estarem em decomposição, a ave não fica doente. Ela é capaz de ingerir carcaças de animais mortos e não se contaminar.
O urubu consegue comer esses tipos de alimentos, pois possui um sistema imunológico preparado e muito resistente para evitar qualquer tipo de infecção e dores de barriga.
A defesa natural permite que o urubu possa ingerir carne que esteja em processo de deterioração, mas que não aconteça nada com a ave em função de seus anticorpos.

www.petfriends.com.br/

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Tamanho não é documento


Ela é pequeninha, mas consegue saltar muito alto. Para ela, tamanho não é documento, pois é considerada um dos animais que pula mais alto se comparado ao tamanho do seu corpo. Ela é a pulga, que apesar de ter entre 1 a 8,5 milímetros consegue saltar mais de 300 vezes o tamanho do seu corpo. Se o homem pudesse realizar o mesmo salto, ele pularia a uma altura igual a largura de um campo de futebol.
Ela não possui asas e vive de forma parasita, se alimentando de sangue de animais e do homem. São conhecidas cerca de 2.000 espécies e são responsáveis pela transmissão de algumas doenças. Cada bicho pode picar até 400 vezes o animal em que está instalado.
Outro dado curioso é alto número de ovos que ela consegue botar: entre 500 a 2000 ovos ao longo de sua vida. Além disso, a pulga fêmea é capaz de consumir cerca de 15 vezes a quantidade de sangue em relação ao próprio corpo por dia.

www.petfriends.com.br

quinta-feira, 26 de julho de 2007

Veja qual é o animal mais forte do mundo


Você sabia que o animal mais forte do mundo consegue erguer até 850 vezes o peso do seu próprio corpo? Por incrível que pareça esse animal que tem tanta força é o besouro rinoceronte, considerado o bicho mais forte de todos os animais.
Esse inseto é da família Dynastinae e pode atingir mais de 10 centímetros. Se fosse para comparar as forças, o ser humano, mesmo com o auxílio de um suporte, só consegue levantar cerca de 17 vezes o seu peso e se o homem fosse tão forte quanto esse besouro, ele seria capaz de erguer cerca de 12 toneladas.
O besouro rinoceronte vive na América do Sul e também é conhecido como besouro - escaravelho e besouro - de - chifre. Em algumas partes do Brasil as pessoas têm muito medo desse animal em função da sua aparência e o pelo barulho que faz quando está voando.

www.petfriends.com.br

Você sabe qual é o maior peixe do mundo?


Considerado o maior peixe de água salgada do mundo, o tubarão baleia pode medir entre 15 a 20 metros de comprimento e pesar até 13 toneladas. Ele pode ser encontrado nos mares tropicais.
Apesar de seu grande tamanho, é tido como um animal inofensivo, tão dócil quanto um golfinho, inclusive permite que mergulhadores se aproximem dele. Normalmente o bicho se alimenta de pequenos organismos que vivem no mar.
Ele apresenta a cabeça achatada e o corpo possui manchas claras. Pode ser encontrado próximo a linha do Equador e ao longo da costa.

www.petfriends.com.br

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Polvo libera tinta que pode paralisar

Quando se sente ameaçado, o polvo libera um jato de tinta que paralisa os órgãos de alguns de seus inimigos para que o animal possa fugir. Ele primeiro aspira uma grande quantidade de água e depois solta toda essa água com grande força para poder fugir, sendo que sua fuga é acompanhada por uma tinta escura para despistar seus inimigos. Essa tinta, ele também usa para se camuflar e se esconder dos predadores.
Da mesma forma como os polvos, as lulas também são dotadas de uma glândula de secreção chamada de bolsa do cerrado ou saco de tinta que faz o pigmento de cor negra jorrado na água. Quando se observa um desses animais liberando essa tinta, parece ser na verdade uma fumaça aquática.
Durante muitos anos, a tinta foi usada para escrever, pintar e tingir tecidos era retirada desses animais chamada de tinta nanquim.

www.petfriends.com.br/

terça-feira, 24 de julho de 2007

Diferenças entre o jacaré e o Crocodilo


Os jacarés e os crocodilos são animais muito parecidos fisicamente e são parentes muito próximos. Ambos são répteis e dentro dessa classificação existe uma família que engloba os crocodilos, jacarés e o gavial, chamada Crocodylidae. Dentro dessa classificação existe ainda uma outra subclassificação que incluem a subfamílias em que estão os jacarés (Alligatorinae), os crocodilos (Crocodylinae) e a que representa a espécie gavial (Gavialinae)
Além de pertencerem a subfamílias diferentes também possuem algumas características morfológicas distintas. O crocodilo apresenta um focinho pontiagudo, ao contrário do jacaré que é arredondado e largo. Os tipos de focinho são mais adaptados para o tipo de alimentação de cada um dos animais.
Outra diferença é que a cabeça do jacaré é mais arredondada e longa. Quando estão de boca fechada, praticamente nenhum dente aparece. Já nos crocodilos acontece o inverso: alguns dentes de baixo ficam expostos quando estão de boca fechada. Além disso, apesar de viverem no mesmo ambiente, nos pântanos, os dois bichos não convivem juntos

http://www.petfriends.com.br/news/news_materia130.htm

segunda-feira, 23 de julho de 2007

Anêmona-do-mar usa tentáculos para comer


A anêmona vive presa a um suporte, que pode ser por exemplo uma pedra. Como fica o tempo inteiro presa a um substrato, para conseguir se alimentar utiliza seus tentáculos.
Os animais que se aproximam da anêmona-do-mar para procurar abrigo, acabam morrendo. Isso acontece, pois ela possui células urticantes em seus tentáculos que paralisam suas presas no mesmo momento em que o veneno é disparado.
Porém, um dos únicos animais que podem se aproximar da anêmona e não precisa se preocupar é o peixe palhaço. Acredita-se que esse peixe tenha uma defesa natural contra o veneno da anêmona.

domingo, 22 de julho de 2007

Cães se reconhecem cheirando a “traseira” do outro


Quem tem cachorro já deve ter reparado. Pode até parecer uma atitude estranha e um pouco embaraçosa, mas quando ele sai para passear e encontra seus amiguinhos, uma das primeiras coisas que ele faz é cheirar a “traseira” do outro animal. Mas qual é a razão para eles terem essa atitude?
O cachorro possui duas glândulas próximas do ânus que liberam um odor que é responsável pelo reconhecimento entre os bichos. Ou seja, esse costume seria uma espécie de “olá” por parte dos cães.
Também através do odor, o seu pet pode perceber medo, alegria e demais sentimentos dos outros animais.

http://www.petfriends.com.br/news/news_materia139.htm